Categorias
Marketing Digital

Stories: como as marcas estão utilizando essa plataforma?

Os Stories, independentemente da variação com que são chamados nas diferentes redes sociais, são um fenômeno comprovado de aceitação e aderência por parte do público.

Entender o sucesso dos Stories não é muito difícil, devido ao seu conceito simples, convidativo e acessível: fotos ou vídeos curtos, com duração de 24h na plataforma – ou pelo menos foi essa a ideia original, quando concebida para o aplicativo da rede social Snapchat.

Para contextualizarmos melhor, vamos entender a origem dos Stories: do Snapchat ao LinkedIn

Snapchat: onde tudo começou

Ainda intitulada como Pictaboo, essa rede social foi lançada em 2011 e, caindo nas graças do público jovem, alcançou 100 mil usuários.

Contudo, foi apenas em 2013 que os Stories sairiam do papel. Nessa altura do campeonato, o aplicativo já contava com milhões de adeptos.

Estatísticas

Segundo publicação do Terra, o Snapchat tem 218 milhões de usuários ativos diariamente no mundo, com alta de 17% ano a ano. No final de 2018, a empresa tinha 187 milhões de pessoas, retomando sua popularidade inicial.

De acordo com as estatísticas divulgadas, o Brasil é o quarto país com mais usuários do aplicativo, chegando a quase 17 milhões de pessoas utilizando essa rede social.

Pandemia

Devido a pandemia do coronavírus, o Snapchat antecipou o lançamento do recurso “Here for You” (“Aqui para você”). Agora os usuários dessa rede social podem receber informações seguras quando buscam por bullying, solidão e ansiedade, por exemplo. A função havia sido prometida para o mês de abril, mas chegou com antecedência, em um momento mais do que necessário.

Marketing nos Stories

Empresas que têm perfil nessa rede social podem criar uma interação mais próxima com seus clientes por meio das estratégias de Marketing de Conteúdo. Os Stories podem oferecer promoções com curto prazo para inscrição, criando, assim, um dos Gatilhos Mentais mais eficientes, que é o de Urgência.

Além disso, a sua empresa pode apresentar produtos especiais, bem como novidades exclusivas para o público que mais interage reagindo aos Stories: isso aumentará o engajamento do seu perfil, bem como o alcance a partir dos compartilhamentos realizados.

Antes de usar os Stories do Snapchat, é necessário saber se ele atinge o seu público-alvo. Sabemos que a maioria absoluta dos seus usuários são jovens adultos e adolescentes. Se questione: eles podem ajudar a sua marca, consumindo ou divulgando? Quando você encontrar essa resposta poderá saber se vale a pena investir.

Se o seu produto pode atrair um público mais jovem, e você ainda não está conectado a eles em outras plataformas de rede social, o Snap pode ser o seu bilhete de entrada para este novo campo de atuação.

Stories do Instagram

Telas de celular mostrando Stories do Instagram

Os Stories do Instagram alcançaram sucesso imediato, desde que foi anunciado. Isso aconteceu devido à junção da popularidade crescente da própria rede social com as funcionalidades contidas nessa ferramenta – que, aliás, já era uma queridinha do público.

Em 2017, Mark Zuckerberg, principal criador do Facebook, além de comandar Instagram e WhatsApp, ofereceu uma grande quantia para comprar o Snapchat, mas não conseguiu.

Sendo assim, decidiu fazer sua própria ferramenta de Stories dentro do Instagram. Quando essa decisão foi aberta ao público, a polêmica foi grande, com pessoas se posicionando contra a apropriação da ideia, e outras alegando que seria apenas uma versão diferenciada. É claro que isso ajudou a promover o que já era predestinado a ser sucesso.

A adesão dos usuários do Instagram aos Stories foi quase imediata, em parte, por causa da espera pelo lançamento, bem como o burburinho causado.

Os fãs da rede social ficaram satisfeitos por poderem, finalmente, usufruir desse recurso. O Gatilho Mental de Novidade, nessa situação, foi um fator que ajudou na adaptação dos que já tinham Instagram, mas não Snapchat, e estavam famintos por usar os Stories.

Marketing nos Stories do Instagram

Por que você deveria fazer marketing nos Stories do Instagram, ao invés de focar nas postagens do feed?

Porque:
● O Instagram Stories tem 400 milhões de usuários ativos diariamente;
● Os Stories costumam ser mais envolventes e íntimos para o público;
● Mesmo desaparecendo em 24h, os Stories podem trazer bons resultados.

Feedback

O Instagram Stories te permite coletar feedbacks dos clientes de maneira simplificada, quase casual, especialmente se compararmos com relatórios de satisfação enviados a cada semestre para eles por muitas empresas.

Dependendo da maneira que você execute suas ações nessa plataforma, pode ser envolvente e divertido para o seu público, incluindo, até mesmo, aqueles que ainda não são clientes.

Localização

Os Stories do Instagram podem ajudá-lo a obter mais exposição local para sua marca. Graças aos stickers de localização, você pode informar aos seguidores onde se encontra em um determinado momento, como o lançamento de produto ou outro tipo de evento. E é claro, o mais importante: onde se encontra a sua loja.

Vamos a mais dicas:

● crie e compartilhe tutoriais simplificados abordando temas do nicho ao qual o seu negócio faz parte;
● interaja com o seu público fazendo perguntas interessantes e que os estimulem a interagir;
● use essa plataforma para agradecer aos seguidores todas as vezes que achar importante, bem como explicar quaisquer mal-entendidos que possam ocorrer;
● compartilhe conteúdos gerados pelo público, para que, assim, seus clientes saibam que você aprecia a interatividade.

3 Cases de Sucesso usando os Stories do Instagram

Macy’s (Loja de departamentos norte-americana)
A marca organizou uma sessão de fotos quase completa, composta por maquiadores, duas modelos e diferentes cenários. A única coisa que faltava era um fotógrafo.

E foi este o ponto alto da interação com os seguidores, que aproveitaram as filmagens disponibilizadas nos Stories para fazer capturas de telas. Dessa maneira, sentiram-se participando do projeto.

O resultado executado? As melhores fotos se tornaram campanha de verão da Macy’s. Nota mil para esse projeto!

Greenpeace Brasil (organização não-governamental ambiental)

Telas de celulares mostrando Stories do Greenpeace

A mundialmente famosa ONG usou o Instagram Stories para colher assinaturas em uma petição a favor da construção de um santuário marinho na Antártida. Como resultado, obteve a participação de 2.633 pessoas em apenas 10 dias de campanha.

56.5% dos leads gerados foram convertidos em assinaturas na petição. Parabéns para todos os envolvidos nessa importante e bem-sucedida campanha!

Dobra (loja das carteiras fininhas e 100% recicláveis)
Uma das responsáveis pela marca afirmou que a quantidade de cliques em links quando lançam algo novo pelos Stories é expressiva, mostrando que o crescimento da Dobra é observado, principalmente, pelo relacionamento que criaram com as pessoas que os acompanham.

“O Instagram é um lugar para se contar histórias e, principalmente, aproximar essas histórias da vida real das pessoas. É por isso que hoje sentimos ter criado uma comunidade de pessoas extremamente engajadas com nosso conteúdo e com nossa marca.”
(Ana Clara Schuler, Criadora de Conteúdo da Dobra)

Cenário em 2020

A Squid (empresa de marketing de influência) registrou aumento de 24,2% no engajamento e 27,3% de alcance efetivo no Stories do Instagram entre os dias 15 e 21 de março de 2020. Ou seja, os usuários estão aproveitando o período da quarentena para usar mais as redes sociais, como explicou Felipe Oliva, co-fundador da agência.

É de fundamental importância para as pessoas, no momento atual, poderem se comunicar: sendo ouvidos e podendo ter acesso a todas as informações que estejam disponíveis. Isso faz a importância do Instagram Stories crescer ainda mais.

Facebook Stories

O Facebook foi a última plataforma de Zuckerberg a entrar na briga para vencer o Snapchat, e é claro, passou a ser mais uma ferramenta para o marketing.

Se você ainda não usou nenhum dos outros aplicativos Stories disponíveis no Snapchat ou Instagram, a interface do Facebook Stories pode parecer estranha.

Da mesma maneira que o conteúdo desses outros aplicativos, os Stories Facebook desaparecem 24 horas após a publicação. A plataforma foi lançada em março de 2017, depois do Instagram e WhatsApp.

Ao contrário da maioria das postagens na rede social, o Facebook Stories não tem comentários ou curtidas. Em vez disso, quando os espectadores interagem, é por meio do Facebook Messenger.

Por que usar?

De acordo com avaliação da comScore, o usuário médio acessa o Facebook oito vezes por dia. Eles são tão valiosos que os anúncios dominam a publicidade em redes sociais, com 93% dos anunciantes usando o serviço.

Uma das vantagens em cima das outras redes, é o tempo disponibilizado. Enquanto o IG grava vídeos de 15 segundos e o Snapchat trabalha com apenas 10, O Facebook Stories te dá 20 segundos em tela: para executar qualquer ação de Marketing, este é um enorme diferencial.

Dicas de Marketing nos Stories do Facebook

O Facebook Stories tem mais de 150 milhões de usuários ativos diariamente, e é o canal ideal para compartilhar conteúdo autêntico em tempo real. Esse nível de conexão pode ser poderoso para uma marca. Vamos para algumas dicas de como obter sucesso usando essa ferramenta:

– Bastidores

As pessoas são naturalmente curiosas. Por que não mostrar ao seu público o que acontece nos bastidores da sua empresa?

Unboxings de mercadorias, serviços sendo realizados em tempo real e funcionários com a mão na massa podem ajudar a criar maior proximidade com os seguidores. Isso pode ser decisivo para os seus resultados;

– Promoções exclusivas

Mostre que valoriza o seu público, criando material exclusivo para quem dialoga nos Stories, respondendo à sua marca através do Messenger. Dessa maneira, você criará uma audiência cativa, sempre em busca de novas ofertas, sorteios e promoções.

Fleets do Twitter

Print de Fleets do Twitter

Para alguns, o Twitter é uma rede social em queda. Para outros, um verdadeiro vício. Os usuários dessa plataforma são muito fiéis e estão sempre presentes, twittando, comentando e compartilhando os conteúdos de seu interesse.

Quando o Fleets do Twitter foi anunciado em 2020, a rede social recebeu inúmeras críticas negativas, por estar, supostamente, desviando o conceito original preestabelecido. Essa não é uma abordagem que possa ser 100% negada, no entanto, é preciso entender que as redes sociais estão em constante competição e agregar funcionalidades é uma necessidade real.

“Os Fleets são uma forma de compartilhar os seus pensamentos momentâneos. Você pode compartilhar algo casual por 24 horas, e então, irá desaparecer. Sem retuítes, respostas públicas ou likes.” (Mo Al Adham, gerente de produto do Twitter)

Essa percepção faz muito sentido, especialmente por vivermos, na atualidade, uma cultura do cancelamento e caça às bruxas nos meios sociais, que, em parte, ocorrem nos palcos do Twitter. Essa é uma realidade que não pode ser ignorada no momento de julgarmos os benefícios dos Fleets.

Marketing

Para executar ações de marketing nos Fleets, é necessário identificar maneiras de implementar conteúdo curto e valioso em sua estratégia. Em outras palavras, por essa ser uma rede social diferenciada das demais, experimentar é a palavra de ordem.

Como podemos fazer isto?

Gatilhos: do mesmo jeito que nas outras redes sociais, os usuários respondem bem aos gatilhos mentais, portanto, essa é uma prática segura para trazer bons resultados.

Publique ofertas com tempo determinado, ou crie promoções apenas para o público mais engajado, ou seja, aqueles que movimentam o seu perfil com comentários, threads, retuítes, etc.

Uma vez que os Fleets duram apenas 24 horas, os usuários não poderão encontrar os códigos ou promoções disponibilizadas para sempre.

Tendo isso em vista, seus seguidores podem embarcar em uma sensação de urgência para realizar a compra, ou apenas visitar seu site para saber mais sobre o produto. Então, temos aqui, uma estratégia de Gatilho Mental de Escassez e Urgência.

Lives: quer impulsionar eventos ao vivo ou notícias de curto prazo em sua estratégia de marketing sem comprometer diretamente a segmentação do seu perfil do Twitter?

Considere fazer isto com os Fleets: você alcançará o público interessado naquele acontecimento específico, e que depois retomarão suas atividades, da mesma maneira ocorrerá no seu feed.

Interação: embora a plataforma do Twitter já dê às marcas muitas oportunidades de encontrar e interagir diretamente com os fãs, o Fleets também pode ser uma ferramenta útil para isso.

A empresa poderá criar Stories com citações, imagens ou vídeos gerados pela audiência. Essa tática faz com que os usuários que participaram sintam que a marca se preocupa com seus pensamentos.

Enquanto isso, conteúdo interativo como esse permite que outros públicos vejam que a marca valoriza seus seguidores mais engajados.

LinkedIn Stories

Tela de celular mostrando stories do LinkedIn

O LinkedIn escolheu o Brasil, seu 4º maior mercado no mundo, para testar o lançamento dos seus Stories.

Apenas em 2020, mais de 500 milhões de pessoas assistiram aos Stories do Instagram todos os dias, e mais de um terço desses vídeos são relacionados a negócios. Não surpreendentemente, o LinkedIn anunciou ano passado um recurso semelhante chamado Stories.

Com o LinkedIn Stories, você terá uma oportunidade única de mostrar sua empresa a partir de uma nova perspectiva e interagir com seu público de uma maneira que eles não estão acostumados, vide a formalidade dessa rede social.

Essa novidade já ultrapassou a marca de 500 milhões de usuários ativos por dia.

Se você já postou histórias em outros canais, não será tão difícil mudar para os Stories do LinkedIn. Aqui estão algumas maneiras de gerar impacto com essa funcionalidade:

Compartilhe depoimentos de clientes

Não importa a qual geração você pertença, é provável que confie mais nas recomendações de pessoas reais do que em qualquer outro tipo de marketing de conteúdo. É isso que torna os depoimentos uma ferramenta tão valiosa.

Peça aos clientes que gravem vídeos curtos ou façam textos falando sobre a experiência que tiveram com a sua empresa e sua satisfação os seus produtos ou serviços. Não existe melhor propaganda do que a boca a boca.

Mostre o sucesso dos clientes

Como exemplo, você pode criar Stories que explicam como seus produtos ajudam os profissionais a trabalhar com mais eficiência, mostrar como resolvem problemas de todo um setor e muito mais.
É possível até adaptar seu conteúdo baseado em texto para o mesmo propósito, envolvendo as pessoas de formas diferentes por meio do LinkedIn.

“A vida profissional vai muito além da jornada das 8h às 18h. Celebramos conquistas e projetos, iniciamos conversas relevantes sobre inovações e os últimos acontecimentos e até mesmo compartilhamos os segredos de como relaxar no final do dia” (Rafael Kato, editor do LinkedIn)

Em conclusão

Os Stories oferecem uma experiência diferente de compartilhamento por serem visuais e projetados apenas para o momento, ao invés de compartilhados em um feed que permanecerá irrestritamente visível.

Há muito espaço para experimentação, postagens irônicas e diversão, o que torna os Stories altamente envolventes, e essa é uma das razões mais prováveis ​​para a grande taxa de crescimento.

Essa alta não ocorre apenas entre os consumidores: as empresas também estão utilizando a ferramenta para o marketing. De acordo com a Pesquisa de Tendências Sociais de 2019 da Hootsuite, 64% dos profissionais já implementaram Stories em suas estratégias de redes sociais ou pretendem fazer isso nos próximos meses.